30 Novembro – Homenagem a Lopes Graça promovida pela DORL do PCP



(mais imagens
no Arquivo Fotográfico)

A DORL no PCP promoveu este dia 30 de Novembro uma Homenagem a Lopes-Graça, integrada no conjunto de iniciativas com que o PCP assinala o 100º Aniversário do nascimento deste comunista, deste resistentes antifascista e deste destacado intelectual.
 
Realizada no Forúm Lisboa, esta homenagem contou com dezenas de participações culturais: o Coro da Universidade de Lisboa, o Coro de Câmara da Universidade de Lisboa, o Coro Phydelius e o Coro Lopes-Graça, que terminou o espectáculo cantando as heróicas.
 
Foram ainda cantadas 3 líricas castelhanas, harmonizações de Lopes-Graça sobre melodias tradicionais da região da Beira Baixa e do Alentejo e harmonizações do autor sobre melodias tradicionais brasileiras.
 
A iniciativa contou ainda com a participação de Olga Prats interpretando variações sobre um tema popular português de 1927 e com a declamação de poemas, musicados pelo autor, por António Évora, Carmem Santos, Fernanda Montemor, Mário Barradas, José Morais e Castro e Maria da Purificação.
 
A intervenção política ficou a cargo de Margarida Botelho, membro da Comissão Política do Comité Central do PCP.
 
O espectáculo contou com a presença de mais de 500 pessoas que quiseram, não só assinalar o centenário do nascimento de Fernando Lopes-Graça, mas também comemorar a vida e a obra deste compositor e músico, corajoso e infatigável lutador antifascista e militante comunista.
 
Como diz a sua música, "até os mortos vão ao nosso lado". Estamos certos que Lopes-Graça caminha e caminhará sempre ao nosso lado.

PARTILHAR