mini-usarmetro.jpg

99% de adesão paralisa Metro de Lisboa em defesa da Empresa, dos Direitos e dos Utentes!

mini-usarmetro.jpgOs trabalhadores do Metro, dando mostra de uma enorme unidade e determinação, paralizaram a circulação do Metropolitano de Lisboa em todo o período de greve (6h30 às 10h00). Esta luta desenvolve-se contra o ataque do Governo, que pretende destruir a Empresa, reduzir brutalmente os salários, liquidar o Acordo de Empresa, reduzir serviços de forma irracional e impor novos aumentos de preços. Uma política contrária aos interesses do povo, e que está a ser imposta para servir os interesses das multinacionais e dos grupos capitalistas portugueses.
PARTILHAR