PCP exige que Governo respeite a contratação colectiva na EMEF e as decisões da ACT

A ACT (Autoridade para as condições do trabalho) do Barreiro condenou a EMEF a respeitar a contratação colectiva da empresa, nomeadamente o direito à hora para ir receber, prevista no AE, e que unilateralmente e ilegalmente a empresa deixou de cumprir há alguns anos. O PCP, saúda a luta que os trabalhadores vêm desenvolvendo desde então, sublinha que esta tem que prosseguir agora reforçada com esta decisão, e apresentou na Assembleia da República um requerimento ao Governo perguntando SE É DESTA QUE O GOVERNO VAI CUMPRIR A LEI NA EMEF!

Ler requerimento em PDF

PARTILHAR