1921, III Congresso da Internacional Comunista

O III Congresso da Internacional Comunista realizou-se em Moscovo, entre 22 de Junho e 12 de Julho de 1921. Nos trabalhos do congresso participaram 605 delegados (291 com voto deliberativo e 314 com voto consultivo) que representavam 103 organizações de 52 países, incluindo 48 partidos comunistas, 8 partidos socialistas, 28 uniões da juventude, 4 organizações sindicalistas e 2 partidos comunistas de oposição (Partido Comunista Operário da Alemanha e Partido Operário Comunista de Espanha), bem como 13 outras organizações. O Congresso examinou as questões da crise económica mundial e as novas tarefas da Internacional Comunista; o relatório sobre a actividade do CEIC; a questão do Partido Comunista Operário da Alemanha; a questão italiana; a táctica da Internacional Comunista; a posição do Conselho Internacional Vermelho dos Sindicatos para com a Internacional Comunista; a luta contra a Internacional de Amsterdão; a táctica do PCR(b); a Internacional Comunista e o movimento da juventude comunista; o movimento feminino; a questão do Partido Comunista Unificado da Alemanha, e outros. Todo o trabalho de preparação e realização do Congresso foi dirigido por Lénine. O III Congresso da Internacional Comunista desempenhou um importante papel na formação e no desenvolvimento de novos partidos comunistas. O congresso dedicou especial atenção à elaboração da táctica da Internacional Comunista e da sua organização, em ligação com as novas condições de desenvolvimento do movimento comunismo internacional. Além de lutar contra o perigo centrista, Lénine teve que prestar muita atenção à luta contra o «esquerdismo», a fraseologia esquerdista pseudo-revolucionária e o sectarismo. Em consequência de uma luta tenaz travada por Lénine contra o perigo de «esquerda», prevaleceu no congresso o marxismo revolucionário.

Ler Texto de Lénine em PDF

PARTILHAR