66 – Nacionalizações

As nacionalizações surgem como resultado do processo revolucionário, como consequência lógica da agudização da luta de classes, que opunha à Revolução portuguesa os grupos monopolistas, o grande capital. A nacionalização dos sectores básicos da economia liquidou os grupos monopolistas e alterou radicalmente as estruturas económica do País.

Para aprofundar o tema:

Próximo Painel: 67 – Reforma Agrária

PARTILHAR