metroluta.jpg

PCP solidário com a luta dos Trabalhadores do Metro contra o roubo nos salários

metroluta.jpgDecorreu hoje mais uma jornada de luta dos trabalhadores do Metropolitano de Lisboa, com uma greve que registou uma esmagadora adesão, e provocou a paralisação total da circulação. O deputado do PCP Bruno Dias, expressou novamente, junto do piquete de greve na Sidónio Pais, a activa solidariedade do PCP com a luta destes trabalhadores, contra o roubo nos salários que o Governo tenta concretizar por via do OE 2011 aprovado pelo acordo entre PS e PSD, em defesa da contratação colectiva que o mesmo acordo suspendeu unilateralmente, e em defesa do serviço público de transportes.

 


Como sublinhou a Célula do PCP no Metropolitano de Lisboa, esta é uma luta que vai prosseguir, já no próximo dia 19 de Março, na Manifestação Nacional da CGTP-IN, e no próximo dia 24 de Março, numa nova greve dos trabalhadores do Metropolitano de Lisboa, integrada na semana de luta do sector dos transportes. No mesmo comunicado, a Célula do PCP sublinhava a justeza da luta dos trabalhadores do Metropolitano, que recusam a brutal intensificação da sua exploração, fruto das opções de um Governo que promove o saque da riqueza nacional pelos especuladores internacionais e pelo grande capital.
PARTILHAR