PCP ao lado dos trabalhadores do SUCH

Face ao ataque que os trabalhadores/as do Such (Serviço de Utilização Comum dos Hospitais) enfrentam, a Comissão de Freguesia de Vialonga do PCP emitiu um comunicado onde demonstra a sua solidariedade, informando que irá solicitar a intervenção do Grupo Parlamentar do PCP para que o Ministério da Economia responda claramente se pactua ou não com estas situações, que se tornaram regra em muitas das empresas do concelho. Aos trabalhadores/as foi feito ainda um apelo à participação na Greve Geral do próximo dia 24 de Novembro, contra a exploração, contra o empobrecimento do país, por um Portugal com futuro!

 

Comunicado aos trabalhadores do SUCH

 

As condições de vida e de trabalho no SUCH têm vindo a agravar-se pela coacção que é feita aos trabalhadores/as, pelos míseros vencimentos que lhes são pagos, pelo uso abusivo e ilegal do banco de horas, pelo não pagamento do trabalho suplementar, pelo corte do direito ao descanso compensatório, por trabalho realizado em dia feriado obrigatório e pelo recente roubo de 1,46 euros no subsídio de alimentação.

 

É imoral que esta empresa que adquiriu 25 carros de luxo em 2010 e distribuiu chorudos prémios pelas chefias, venha agora cortar na alimentação dos/as trabalhadores.

 

A Comissão de Freguesia de Vialonga do PCP, tendo conhecimento da situação de exploração a que estão sujeitos estes trabalhadores/as, repudia vivamente esta situação, razão que nos leva a comunicá-la ao grupo parlamentar do PCP na Assembleia da República, solicitando a sua intervenção.

 

A luta é o caminho para pôr cobro à ilegalidade e à exploração!

Os trabalhadores unidos resistem melhor às investidas contra os seus direitos!

Dia 24 de Novembro, participa na GREVE GERAL, contra o empobrecimento e a exploração!

Os trabalhadores sabem que podem contar com o PCP!

PARTILHAR