Odivelas: Visita dos Eleitos Municipais ao Bairro dos Cágados

CDU visitou o Bairro dos Cágados em Odivelas. Onde se viu de tudo: Degradação dos equipamentos públicos e do mobiliário urbano, falta de
manutenção dos passeios, existência de lixo e matagal junto à ribeira,
caneiros e esgotos afectados, receptador de esgotos domésticos a poluir
a ribeira e um duvidoso projecto de circulação rodoviária no interior
do bairro, que não foi devidamente discutido com a população…

Só o reforço da organização e luta das populações pode alterar este quadro! 

CDU visitou o Bairro dos Cágados
Vimos de tudo…

No passado Sábado a CDU visitou um dos mais antigos bairros de Odivelas, o Bairro dos Cágados, também conhecido como Bairro Avelar Brotero, pela proximidade à escola com esse nome.  O que vimos deixa-nos preocupados com o futuro do Bairro e da Freguesia. Degradação dos equipamentos públicos e do mobiliário urbano, falta de manutenção dos passeios, existência de lixo e matagal junto à ribeira, caneiros e esgotos afectados, receptador de esgotos domésticos a poluir a ribeira e um duvidoso projecto de circulação rodoviária no interior do bairro, que não foi devidamente discutido com a população…

Ao Gabinete dos Vereadores da CDU têm chegado várias notas de insatisfação e de descontentamento dos moradores. Muitas das reclamações estão relacionadas com a alteração da circulação rodoviária no interior do Bairro. A CDU considera inadmissivel que os novos circuitos, que a Cãmara Municipal quer agora impôr aos moradores, não tenham sido amplamente discutidos com a população e apenas tenham sido objecto de procedimentos burocráticos de consulta.

Sejam quais forem as soluções que se adoptem, a Câmara Municipal não pode ignorar o facto deste ser um dos mais antigos e pacatos bairros da Freguesia, cuja circulação rodoviária deve em primeiro lugar observar o bem estar dos moradores e os interesses do comércio local, não devendo qualquer projecto quebrar a tranquilidade e o sossego, qualidades importantes deste bairro.

 No decorrer da visita fomos alertados pelos moradores para várias situações preocupantes e a precisarem de urgente intervenção. O Parque Infantil parece ter sido abandonado pela Junta de Freguesia: pisos degradados e mobiliário urbano em falta ou partido são o retrato desse abandono.

Desde a Escola Avelar Brotero até à outra extrema do bairro são visíveis os sinais de abandono da Ribeira de Odivelas: lixo, ratos e matagal é o que do bairro se pode observar nas suas margens. A Câmara ignora completamente esta situação.

Junto ao viaduto do Metropolitano, há um receptor de esgotos domésticos que enchendo passam para a ribeira conspurcando e criando assim um verdadeiro atentado à saúde pública.

Para o PS, o cimento é o remédio para todos os males. Talvez por isso tenha “brindado” os moradores deste bairro e seus vizinhos com mais pressão urbanística, não tendo acautelado os direitos dos moradores mais antigos que ficaram, desnecessariamente, “emparedados”. A edificação de um prédio, em regime de condomínio fechado, enterrou habitações vizinhas com a construção de muros e vedações em chapa, para que o mesmo se torne uma espécie de ilha dourada blindada em relação ao resto do bairro.

Também, mesmo à saída do bairro, junto à estação do Metro, estão a ser construídos mais 6 prédios, 2 deles com oito pisos. Para servir os interesses imobiliários, a Câmara Municipal permitiu a construção de um muro mesmo em frente às janelas de quem ali há muitos anos vive.

Tanto na Câmara Municipal como na Assembleia de Freguesia de Odivelas, os eleitos da CDU irão denunciar as situações observadas, e realizar iniciativas tendo como fim a resolução dos problemas que afectam a população e os comerciantes deste bairro.

Odivelas, 28 de Janeiro de 2008

O Gabinete de Imprensa

PARTILHAR