Saudação da JCP à luta do Secundário

 

 JCP saúda estudantes após um dia de luta que se faz sentir de norte a sul do país. Em Aveiro, Ílhavo, Mealhada, Sintra, Odivelas, Lisboa, Olhão, Faro, Seia, Guarda, Campo Maior, Seixal, Moita, Palmela, Alcácer do Sal, Ponta do Sol (Madeira), Portalegre, foram dezenas de milhares de estudantes em concentrações, manifestações e outras acções que estão em luta, num quadro em que as políticas educativas levadas a cabo pelo governo PS, têm vindo a retirar direitos aos jovens portugueses, nomeadamente o direito à educação para todos.

 

 

No quadro de uma violenta ofensiva do Governo PS à escola pública os estudantes saíram à rua em luta.

Este é um dia de luta que se faz sentir de norte a sul do país. Em Aveiro, Ílhavo, Mealhada, Sintra, Odivelas, Lisboa, Olhão, Faro, Seia, Guarda, Campo Maior, Seixal, Moita, Palmela, Alcácer do Sal, Ponta do Sol (Madeira), Portalegre, são dezenas de milhares de estudantes em concentrações, manifestações e outras acções que estão luta, num quadro em que as políticas educativas levadas a cabo pelo governo PS, têm vindo a retirar direitos aos jovens portugueses, nomeadamente o direito à educação para todos.

Os estudantes e as suas Associações de Estudantes mobilizaram-se em mais uma jornada de luta, contra medidas como os exames nacionais no 6º, 9º, 11º e 12º ano, contra os custos do ensino, contra a privatização de parcelas rentáveis do sistema, por mais e melhores condições materiais e humanas, contra as aulas de substituição, pela implementação da educação sexual nas escolas e contra o numerus clausus de acesso ao ensino superior. Os estudantes manifestam-se ainda contra o brutal corte na educação previsto no Orçamento de Estado 2007, aprovado na Assembleia da República pela maioria PS e que apenas irá agravar a falta de condições materiais e humanas em muitas escolas, e ainda as condições de vida dos estudantes e das suas famílias.

A JCP apela aos estudantes que continuem a lutar contra estas medidas e por uma escola pública, gratuita e de qualidade para todos.

A todos os estudantes a Juventude Comunista Portuguesa expressa a sua solidariedade e sobretudo o seu empenho na luta, único caminho para alcançarem os seus anseios e aspirações.

Pela nossa parte, tudo faremos para garantir o direito universal e constitucionalmente consagrado de uma educação pública, gratuita e de qualidade ao serviço dos estudantes e do país.

O Secretariado da Coordenadora Nacional do Ensino Secundário da JCP

Para mais informações contactar: Bruno Martins – 217 930 973

PARTILHAR