Debate assinalou centenário de «Materialismo e Empiriocriticismo»

Com o Auditório 3 da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa
completamente lotado de estudantes, professores, dirigentes políticos e
público anónimo, teve lugar no dia 10 de Novembro o debate que
assinalou os cem anos da primeira publicação da obra de V. I. Lénine
«Materialismo e Empiriocriticismo», numa iniciativa da Associação Iuri Gagarine .
Moderado por José Barata-Moura, professor da Faculdade de Letras, o
debate iniciou-se com intervenções dos professores José Croca, da
Faculdade de Ciências, e Eduardo Chitas, da Faculdade de Letras.
Decorreu em seguida uma discussão muito interessante, envolvendo
oradores, moderador e algumas das cerca de 170 pessoas da assistência.

Não deixe de ler:
Intervenção inicial de José Croca
Intervenção inicial de Eduardo Chitas
O livro no debate

PARTILHAR